Meu canarinho, minha beija-flor

Na Serra do Padeiro, foram muitos encantamentos. Um deles, seu Lírio, pajé Tupinambá. Minha manhã de sábado (o primeiro amanhecer na Serra) começou com uma canção delicada. Era seu Lírio na gaita:

Meu canarinho, minha beija-flor,
me dá notícia do meu grande amor,
que foi embora, nunca mais voltou,
meus canarinhos, minha beija-flor.

Seu Lírio | Aldeia Serra do Padeiro, Buerarema (BA), 9 out. 2010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: